google-site-verification=ldFPMJs5-yw4C3ux8Xv8ENWEiUVKr0YQXFz1pwdIcXE
top of page

Biomateriais: um breve guia para entender o seu impacto na moda

O que é um biomaterial e porque ele é interessante para o mundo da moda?

São materiais com uma base biológica. O termo não se desenvolveu com detalhe e é usado para designar tanto materiais com base (total ou parcialmente) biológica, materiais biodegradáveis, assim como também materiais bio fabricados.

Devido à sua origem natural, em maior ou menor medida, todos os biomateriais apresentam benefícios alternativos ao uso de plásticos convencionais, como a redução da pegada de carbono e a pegada hídrica, funcionalidade melhorada ou novas qualidades e soluções para o problema dos resíduos (Coppola et. al., 2021)


Que tipos de biomateriais existem?

Os biomateriais são classificados de acordo com a sua composição biológica / orgânica ou segundo o seu sistema de produção. Assim, contamos com:

Materiais com base orgânica (BIOBASED): são aqueles compostos total ou parcialmente por biomassa, que podem ser provenientes tanto de polissacarídeos como de proteínas ou lípidos (Lackner, M., 2000). É no desenvolvimento de materiais parcialmente compostos (bio sintéticos) que se gera o maior problema, devido ao facto de derivados fósseis serem adicionados como aditivos na sua composição.

Materiais e ingredientes bio fabricados: são produzidos por microrganismos vivos como bactérias, leveduras e micélios. Estes materiais encontram-se prontos para usar, como os não tecidos de Kombucha ou as molduras de micélio, este último (como outras culturas fúngicas) dá a possibilidade de incorrer também em bio montagem, onde as uniões construtivas de um elemento se dão mediante elos criados pelo mesmo fungo. Os ingredientes, em vez disso, são blocos deixados como resíduo pelos organismos que necessitam de um processo mecânico para se tornar num material utilizável.





Compreendendo Tecnologias de Bio Material.

Fuente: Lee, S., Congdon, A., Parker, G. and Borst, C., 2020. UNDERSTANDING“BIO” MATERIALINNOVATIONS: a primer for the fashion industry. [figura] p.6.


Que exemplo existem de biomateriais desenvolvidos na indústria de moda até agora?

MYLO UNLEATHER: Pele alternativa feita a partir de micélio.

BIOFABRICATE: Consultora. Impulsionando a inovação de biomateriais sustentáveis para a comunidade global de start-ups, marcas e investidores, fornecem serviços de consultoria, produzem eventos direcionados para o Design e encontram-se construindo uma plataforma de recursos global para aprofundar o compromisso e as interações.

PIÑATEX: têxtil natural feito a partir de fibra de folha de ananás. A empresa é agora uma Empresa B Certificada®.

ORANGE FIBER: Tecido de características sedosas, sustentável, criado a partir de um subproduto de sumos cítricos.



Referências

Lee, S., Congdon, A., Parker, G. and Borst, C., 2020. UNDERSTANDING“BIO” MATERIALINNOVATIONS:a primer for the fashion industry. [online] p.6. Available at: <https://app.box.com/s/amjq9anszv8hvwdexoxg6wubes4aaxqa> [Accessed 21 June 2021].

Lackner, M. (2000). Bioplastics. Kirk‐Othmer Encyclopedia of Chemical Technology, 1-41. Recuperado de: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1002/0471238961.koe00006

Coppola, G., Gaudio, M. T., Lopresto, C. G., Calabro, V., Curcio, S., & Chakraborty, S. (2021). Bioplastic from renewable biomass: a facile solution for a greener environment. Earth Systems and Environment, 1-21.

64 visualizaciones0 comentarios

Comments


bottom of page